sábado, 19 de junho de 2010

Música

Sempre que possível trabalho usando a música em sala de aula. É uma ferramenta muito útil para a aprendizagem e alunos de todas as idades adoram!

Trabalhando a música em sala de aula Para se trabalhar com música em sala de aula, é importante que tanto o professor como os alunos tenham noção dos elementos fundamentais de composição das músicas: a letra e a sonoridade. A partir daí, você terá inúmeras alternativas para trabalhar: 1. Ter clareza de que a música provoca uma expressão corporal espontânea, que pode ser aproveitada pela criança para o desenvolvimento e a consciência do próprio corpo. 2. Antes de colocar a música para seus alunos, procure fazer uma atividade de levantamento de hipóteses. Uma boa alternativa é dizer o título da música e deixar que eles digam o que será tratado na letra. 3. É importante que você estude com seus alunos a estrutura textual das músicas, composta de versos e estrofes. Não deixe de caracterizar o refrão. Ah! Também é bom lembrar de desenvolver a percepção sonora das crianças. 4. Conhecer o autor da música e sua biografia é essencial para o trabalho e, se possível, conhecer as condições em que a música foi produzida são informações que facilitarão o seu entendimento. 5. As letras das músicas são excelentes temas geradores. Procure trabalhar os seus significados, pois as boas músicas podem se relacionar com inúmeras coisas. 6. É fundamental definir, com seus alunos, conteúdos que serão estudados a partir da música ou para compreendê-la, e isso inclui pesquisa, demanda e empenho para encontrar as informações. 7. Fazer com que todos os alunos coloquem as relações que conseguiram estabelecer a partir da música é essencial, porque é nessa hora que eles perceberão as diferentes interpretações. 8. Procurar pesquisar e trabalhar outros tipos de textos que envolvam o mesmo assunto tratado pela música é uma forma de desenvolver a competência intertextual e ajuda o aluno a estabelecer o seu conhecimento de mundo, ou seja, as relações metalingüísticas. 9. Reescrever a música em outro tipo de texto ou representação plástica (desenho, pintura, escultura, etc.) também é uma boa saída para verificar se ela foi bem compreendida pelo aluno ou não. 10. Produzir músicas também é muito útil, porque o aluno estará em contato direto com tudo que é necessário para se fazer música. Essa atividade faz com que ele pense em instrumentos, letra, arranjos, entonação de voz, etc., tudo de uma vez só. Portanto, estará pensando globalmente. Fonte: http://www.construirnoticias.com.br/asp/materia.asp?id=539

Nenhum comentário:

Postar um comentário